domingo, 1 de junho de 2008

Já lá vai muito, muito,muito tempo, conta-se que na Índia existiu um Rei muito Sábio, que possuia todas as Artes era brilhantíssimo, no entanto não era feliz, pois tinha três filhos muito estúpidos que não tinham a menor apetência para os Livros.


Amarazakti o seu nome, convocou os seus 500 ministros a quem pagava muito bem e pediu-lhes que arranjasem um plano para se conseguir incutir alguma apetencia pelo conhecimento, o Rei daria uma boa recompensa.


Levantou-se um dos seus Ministros e disse, mostrando uma lista do que teriam de aprender e viu-se que a vida quase já nâo chegaria, assim não poderia ser. Então outro Ministro levantou-se e falou: como não haveria muito tempo, os Prícipes teriam de aprender da vida só aquilo que fosse essncial e não tudo tal como o Cisne o fáz (há uma lenda antiga na Índia que diz que existe um Cisne que cresce no Céu e muito raras vezes desce à Terra, só se diferencia dos outros Cisnes sabendo-se que é do Céu, pondo-lhe uma vasilha com leite e àgua misturados e ele sepára-os, bebendo somente o leite.) è o Kalahansa.


Disse o Ministro que havia um monge muito sábio na instrução dos jovens e que gosava de boa reputação pela aceitação dos jovens. Amarazakti mandou-o vir à sua presença e ofereceu-lhe bons privilégios aos quais Visnuzarman replicou dizendo que não venderia os seus ensinamentos por preço algum, mas garantia que se no mprazo de seis meses os Príncipes não estivessem educados em tudo perderia o seu nome. .... Seguirá o próximo episódio, até lá...

1 comentário:

Dan disse...

Olá:
Então e o resto desta bonita história?
Ficamos com água na boca e queremos o resto da história!